quinta-feira, 24 de março de 2022

Three4Climate de Isabel Martins 

No âmbito da Autonomia e Flexibilidade Curricular em articulação com a BE, o Agrupamento Padre João Coelho Cabanita foi convidado a participar na sessão de trabalho subordinada ao tema Bibliotecas Escolares e a Articulação interdisciplinar, promovido pela ANQEP (Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional), Equipa Regional do Algarve. As professoras bibliotecárias, Isabel Martins e Sílvia Barrocal, fizeram a apresentação da contribuição e intervenção da biblioteca escolar no Projeto Three4climate, da Escola Básica Sebastião Teixeira.

quinta-feira, 17 de março de 2022

Semana da leitura - Escrita Criativa

 

 

Book titled 'A Aventura Dinossauresca Dinos' Adventure'
Read this book made on StoryJumper
Este eBook resulta de uma parceria entre três a professora bibliotecária e três docentes: Helena Barbosa(CN, 3ºciclo), Goreti FranzkY(Inglês, 3º ciclo) e Tânia Faísca (1º ciclo).

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

RBE: Desafio do mês de janeiro

As assistentes da Biblioteca Escolar de Salir são a Fernanda Sousa, assistente na biblioteca há cerca de 20 anos, e a Lina Ramos. As nossas assistentes tratam de limpar e organizar toda a coleção, fazem tratamento documental, organizam propostas de leitura, colaboram na preparação de todas as atividades da biblioteca, apoiam os alunos e professores, disponibilizam os computadores fixos e portáteis e conhecem os gostos literários dos alunos como ninguém. Estão sempre presentes, realizando o seu trabalho com responsabilidade e grande brio profissional. Obrigada, Fernanda e Lina!

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Boas Festas

"A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal… Quando se vê, já terminou o ano… Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê passaram 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado… Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas… Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo… E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará." Poema de Mário Quintana

Dia Internacional do Direitos Humanos